Software – SóPJ

Software

Home / Tecnologia / Software

SOFTWARE

Receba uma cotação grátis com o
melhor custo-benefício do mercado para a sua empresa.

Software


Aqui nesta categoria vamos publicar conteúdo relevante e de qualidade sobre Software. Você vai ver artigos frequentes com informações de qualidade sobre todos os desdobramentos desse assunto voltados ao universo corporativo.

Veja o que é software, para que serve o software, a diferença entre software e hardware, como escolher um software para empresa, por que pagar por uma licença de software e muito mais.  

Acompanhe o portal SOPJ e mantenha-se sempre bem informado sobre as novidades e tendências do mercado de software. Boa leitura!

O que é software e para que serve

Software nada mais é do que um programa desenvolvido para rodar em determinadas máquinas, ou seja, é o sistema que faz com que seja possível um computador ou um celular, por exemplo, funcione bem e aceite aos comandos de quem opera.

Os softwares servem, portanto, para ajudar qualquer pessoa a chegar aos resultados que deseja usando determinado programa de computador, desenvolvido para facilitar esse mesmo objetivo.  

Os softwares podem ou não ter licenças de uso, mas vamos falar mais profundamente disso um pouco mais adiante. 

Agora você já sabe o que é software e para que serve. Veja a diferença entre software e hardware.

Faça uma simulação grátis!

Diferença entre software e hardware

Software e hardware compõem os equipamentos que estamos acostumados a usar hoje em dia. A seguir, vamos explicar a diferença entre software e hardware para te ajudar a entender melhor essa afirmação.

Software, como foi dito acima, é o programa, o conjunto de códigos que faz com que uma máquina funcione bem. O hardware é a parte física da máquina, a que se pode pegar com as mãos, como processadores, monitores e placas de vídeo, por exemplo.

O software começa a funcionar quando uma pessoa o ativa pelo hardware.

Explicada a diferença entre software e hardware, entenda porque é preciso pagar por uma licença de software e os tipos de software para empresas.

Por que pagar por uma licença de software?

A licença de software é um documento que confere o direito e expõe as regras de uso de determinado programa para o usuário final, que pode ser uma pessoa ou uma empresa pública ou privada. Tais regras tratam da política de uso, assim como assistência e suporte, atualizações e garantias. 

Um software pode ser proprietário ou de uso livre (open source). O primeiro, em geral, é produto de uma empresa, não permite cópias, modificações no código nem revenda e o descumprimento pode levar a penalidades, ou seja, a empresa que desenvolve tem os direitos. O modelo open source tem condições de uso mais brandas, com possibilidade de acesso ao código, reprodução e modificação de acordo com a necessidade. 

Há empresas que optam ainda pelo uso de softwares próprios. Isso significa que o sistema é desenvolvido do zero, considerando as necessidades da empresa que vai usá-lo. Essa é uma opção que demanda um investimento maior porque leva mais tempo e o sistema é feito exclusivamente para atender à demanda do negócio.

A grande vantagem do uso de softwares proprietários e próprios por empresas é que elas podem contar com suporte especializado e atualizações. Confira mais alguns benefícios:

Direitos autorais

Empresas que usam programas piratas podem ter sérios problemas, inclusive com a imagem do negócio frente aos clientes e fornecedores. Instalações ilegais também podem gerar multas e prejudicar a gestão financeira do negócio dado o grande prejuízo.

Segurança de dados e informações

Sem os devidos cuidados de atualização e manutenção, a sua empresa pode ficar exposta a malwares. Assim, as informações e dados internos ficam vulneráveis e podem ser roubados e acessados por pessoas com intenções duvidosas.  

Desempenho

Além de falta de segurança, os softwares piratas e, portanto, sem o suporte técnico e as atualizações, podem ser alvo de vírus que reduzem o desempenho das máquinas deixam o sistema instável.

Todos esses motivos são suficientes para prejudicar o trabalho dos colaboradores de qualquer empresa e não há boa produtividade que seja suficiente.

Conheça em seguida alguns tipos de softwares para empresas:

Tipos de softwares para empresas

Uma empresa com capacidade de investimento em software pode acelerar e tornar mais eficientes seus processos internos e também suas entregas de produtos e serviços, o que pode ser extremamente positivo quando se pensa em lucros. Entre os principais tipos de softwares para empresas, destacamos os seguintes:

 

Software de gestão financeira e administrativa

Programas de gestão financeira e administrativa ajudam a empresa a ter um controle de gastos e de fluxo de caixa, com entrada e saída de recursos, emissão de recibos e notas, por exemplo.

Com eles, fica mais fácil estruturar e manter processos financeiros e organizar os próximos passos e investimentos da empresa.

Software de gestão logística

Os softwares de gestão de logística e transportes colaboram com o planejamento de rotas de fretes, otimização e agendamentos de entregas, armazenamentos e pagamentos, etc.

Esse tipo de programa pode ajudar a reduzir os custos da empresa e acelerar o sistema de entregas, deixando também os clientes satisfeitos.

Software de CRM (Gestão de relacionamento com o cliente)

CRMs são os softwares responsáveis pela gestão de relacionamentos com clientes e prospects.

Com eles, especialmente as áreas de vendas e marketing da empresa podem agir de forma mais assertiva com os novos clientes e também acompanhar a relação com os clientes vigentes. As ferramentas registram nomes, e-mails, telefones, ligações e mídias sociais e a ideia é usar essas informações de forma inteligente para melhorar o retorno financeiro.

Além desses, têm também os Antivírus, programas de edição de foto e vídeo, programas de edição de texto, programas para apresentações institucionais, entre outras necessidades. Hoje em dia a tecnologia ajuda – e muito – em todas as áreas. Veja em seguida como escolher um software para empresa.

 

Como escolher um software para empresa

Temos algumas dicas válidas para você que precisa saber como escolher um software para empresa e não sabe por onde começar. Veja:

Saiba exatamente a necessidade do negócio

Se você já tem experiência no mercado em que atua e está investindo em uma nova oportunidade de negócio, pode ser mais fácil na hora de comprar os softwares. Se não, é importante pesquisar e entender exatamente o que a empresa precisa. Coloque tudo no papel e pense sobre como um determinado programa vai facilitar a gestão e os processos do seu negócio.

Analise orçamentos pensando em custo-benefício

Quando tiver os orçamentos em mãos, tenha bom senso e coloque o custo-benefício em primeiro plano. Isso significa que nem sempre os programas mais caros é que atenderão as necessidades da sua empresa. Os mais baratos podem exigir um novo investimento mais para frente e aí você terá que gastar duas vezes. A quantidade de licenças também pode afetar o valor. Será que todos os seus funcionários precisam ter acesso aos mesmos programas? Considere também a validade e o tempo necessário de renovação.   

Atendimento e suporte são importantes

Os softwares pagos ou próprios (feitos sob medida) podem ser uma alternativa mais interessante, dependendo do caso. Antes de contratar, pergunte sobre como funciona caso seja necessário contar com suporte e assistência. Dessa forma, os lucros e resultados correm menos risco.  Já imaginou se o sistema sai do ar e você não tem com quem contar?

Segurança

Outros pontos a serem considerados são segurança e manutenção. Os softwares pagos e próprios mais uma vez levam vantagem. Se você precisa manter dados e informações em segurança, esse, por si só, já é um bom motivo para optar pela compra de licenças e evitar dores de cabeça no futuro. 

Converse com quem entende do assunto

Se você ainda tem muitas dúvidas sobre como escolher um software para empresa, considere conversar com profissionais do mercado e expor dúvidas sobre as reais necessidades do seu negócio. Geralmente, quem atua no mercado traz uma visão mais ampla e ao mesmo tempo minuciosa e pode ajudar a enxergar detalhes que a falta de conhecimento técnico não permite. Peça orçamentos, ouça sugestões e pondere sempre. Seu negócio só tem a ganhar!

Se você chegou até aqui e está precisando de software para o seu negócio, conte conosco. O portal SOPJ existe para trazer informação de qualidade e também para ajudar a encontrar parceiros com bom custo-benefício para a sua empresa. Basta preencher o formulário aqui e aguardar o contato de um de nossos parceiros o mais breve possível.

Faça uma simulação grátis!

Como funciona?


É Rápido e fácil

Web analytics is the measurement, collection,
analysis and reporting of web data for purpose
of under standing and optimizing

Prático e objetivo

Web analytics is the measurement, collection,
analysis and reporting of web data for purpose
of under standing and optimizing

Confiável e de Qualidade

Web analytics is the measurement, collection,
analysis and reporting of web data for purpose
of under standing and optimizing

Últimos Posts


12 Jan, 2018

Entenda a importância da seleção de fornecedores para sua empresa

Os fornecedores são personagens muito importantes na estrutura de qualquer empresa...

Outros   •   Saiba Mais

11 Set, 2017

5 dicas para escolher o melhor plano de celular empresarial

Será que poderia ser mais vantajoso para os seus negócios que os funcionários tivessem um celular corporativo à disposição? Em muitos casos, essa é uma alternativa interessante e econômica quando comparada a outras formas de oferecer o mesmo benefício.

Plano de Celular   •   Saiba Mais

05 Jun, 2017

Como montar uma empresa? Um guia de serviços para você

Você acabou de abrir uma empresa e agora precisa de ajuda com a contratação de prestação de serviços? Esse artigo é para você que busca justamente um guia de serviços básico sobre como montar uma empresa.

Outros  •   Saiba Mais

12 Jan, 2017

Ticket ou Sodexo: qual é a melhor opção?

Oferecer vale-refeição ou vale-alimentação para os funcionários como vantagens pode ser uma forma interessante de conquistar e reter bons talentos, esses fazem parte dos benefícios opcionais, ou seja, aqueles que não são obrigatórios por lei, mas que podem ser diferenciais competitivos para sua empresa.

Benefícios   •   Saiba Mais